Quem faz uso frequente do carro precisa estar atento se está sentando corretamente. É comum sermos orientados quanto à posição em que os espelhos retrovisores devem estar durante a direção, mas poucos sabem qual é a postura adequada para dirigir. A verdade é que se posicionar da maneira correta é uma questão de saúde e segurança.

Para o Dr. Dirceu Rodrigues Alves Junior, Chefe do Departamento de Medicina de Tráfego Ocupacional, manter a postura correta durante a condução do veículo é fundamental tanto para os profissionais como para os motoristas comuns. “Geralmente, as pessoas usam o banco de maneira que sobrecarrega a coluna lombar, provocando uma sensação dolorosa na região”, alerta o especialista.

É importante compreender que nem sempre o que aparenta conforto é a melhor maneira de acomodar-se. Para dirigir de forma saudável, o primeiro passo é regular o assento do banco no sentido longitudinal. A recomendação é que o banco fique o mais verticalizado possível. “Recomendamos que o encosto não ultrapasse 110°, essa é angulação que trará mais conforto ao motorista”, orienta Dr. Dirceu.

Uma dica simples é se posicionar de forma que, mesmo acionando o pedal da embreagem até o fim com a perna direita, a perna não fique totalmente esticada. Verifique ainda se os joelhos e os braços não estão muito estendidos, pois eles devem ficar ligeiramente flexionados. Já a cervical deverá se apoiar no encosto de cabeça, sendo mantida sempre ereta. Se o carro possuir ajuste para a lombar, faça com que essa região fique apoiada; se não, é recomendável o uso de um travesseiro fino, principalmente para pessoas que apresentam lordose.

Quanto mais movimentos repetitivos o condutor fizer, mais sobrecarga ele terá sobre a coluna. Dessa forma, em viagens longas, procure alternar a posição. Inclinar um pouco o encosto, por exemplo, poderá ajudar. Também programe paradas a cada 3 horas para um breve alongamento.

Para evitar que o mau posicionamento desencadeie doenças, como lombalgia, recomenda-se que o motorista crie hábitos de alongar os músculos antes, durante e depois de dirigir. Num engarrafamento, por exemplo, o motorista pode aproveitar para exercitar os membros superiores.

A postura adequada é aquela em que o motorista tem sempre o domínio sobre o automóvel. Por isso, se surgir uma dúvida se está bem posicionado, observe se os comandos do painel e a alavanca de câmbio podem ser facilmente alcançados sem que seja preciso tirar as costas do banco. Caso os instrumentos sejam visualizados com facilidade e o cinto de segurança não esteja lhe incomodando, você está pronto para uma direção segura.