Quem já tem filhos sabe que a direção muda quando nossos pequenos estão conosco, somos mais cautelosos e atentos no trânsito, é instinto.

Desde 2010 tornou-se obrigatório pelo Código Brasileiro de Trânsito que todas as crianças menores de 10 anos sejam levadas no banco traseiro do veículo e até os 7 anos e meio utilizem assentos especiais.

Contudo, a utilização dos itens de segurança para crianças têm se apresentando como benefício muito maior do que o de não ser multado. Neste caso, a lei garante a segurança dos pequenos e a tranquilidade da família.

Um caso que evidenciou o benefício se deu no ano passado em Ponta Grossa, no Paraná. Uma mãe que dirigia transportando sua filha, na ocasião com um ano e sete meses, acabou perdendo o controle do veículo e caindo num ribanceira de cinco metros de altura. O bebê ficou assustado mas sem nenhum arranhão, foi salvo por estar acomodado no equipamento de segurança adequado para sua idade.

Então, para segurança de seus filhos, conheça os tipos de assento de segurança indicados pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) para cada fase:

Bebê-conforto

Uso para bebês desde recém-nascidos até 13 quilos ou 1 ano de idade. A colocação correta é de frente para o vidro traseiro do veículo, ou de costas para o sentido do movimento com leve inclinação.

 

Cadeira de segurança

Deve ser utilizada a partir de 1 ano de idade até 4 anos ou aproximadamente 18 kg. Nesta fase a cadeirinha deverá ser instalada voltada para a frente do veículo e mantida preferencialmente na posição central do banco traseiro, se esse local for equipado com cinto de segurança de 3 pontos.

 

Assento de elevação ou booster

Ele é indicado para a fase entre os 4 e 7 anos e meio, quando a criança ainda não tem altura suficiente para utilizar o cinto de segurança do veículo. Acomodar a criança preferencialmente no cinto de três pontos do banco de trás.

 

Desse modo, sabendo que se trata da segurança de seus filhos, é importante não esquecer de enviar os acessórios de transporte de segurança quando a criança for andar de carro com outras pessoas.

E não deixe de considerar essas outras recomendações:

  • Trave a abertura das portas traseiras, utilizando inclusive a trava que impede que elas sejam abertas por dentro;
  • Mantenhas os vidros quase fechados, com apenas uma fresta de abertura para ventilação;
  • Nunca transporte crianças no colo;
  • Nunca transporte crianças em porta-malas ou caçambas;
  • Nunca coloque duas ou mais crianças no mesmo cinto de segurança;
  • Não utilize o cinto de adultos em crianças.